Notícias

 
 
 
 
 
As PMEs e a nova economia (*)

 

Encontro da AMCHAM-SP, com patrocínio Dynamica, abordou a importância das pequenas e médias empresas no atual cenário econômico do país. Lyrian Faria, sócia-diretora da consultoria, conduziu painel de debates.
Fotos: AMCHAM-SP/Dynamica Consultoria

1amcham 24set2019
Lyrian Faria, Marcelo Matos e Fabiana Nunes Costa

O Comitê Executivo de Líderes Empresariais da AMCHAM-SP realizou encontro no último 24 de setembro. Contando com palestra, painel de debates e workshop, focalizou o papel social e econômico das pequenas e médias empresas e os desafios que enfrentam dentro da chamada nova economia. O evento foi aberto e coordenado por Allan Abranches, membro do Comitê.
Luis Rasquilha (Inova Consulting) abriu o evento com palestra sobre o cenário econômico, com os novos hábitos de consumo e as implicações da transformação digital. Lyrian Faria, sócia-diretora da Dynamica e presidente do Comitê, fez a moderação de painel com a participação de Fabiana Nunes Costa (Martorelli Advogados) e Marcelo Matos (Kestraa). No painel as discussões giraram em torno dos perfis de negócios, recursos tecnológicos e gestão de pessoas. Completando o evento, workshop reuniu os participantes para trabalhar Learning Maps com o objetivo de compreender os desafios das PMEs em diferentes áreas de atuação
.

Transformação digital e um novo mercado
luisrasquilha
A apresentação de Luis Rasquilha focalizou aspectos da cultura organizacional, que vem sendo desafiada pelos fatores de disrupção e evolução constante, nos recursos tecnológicos e nos conceitos de gestão e administração.Segundo ele, eis os 3 maiores medos atuais: wifi não funcionar, bateria de computador ou celular durar pouco e a internet "não entrar".

Há 15 anos não havia muitos sites e plataformas que hoje são considerados imprescindíveis. Pessoas + internet + tecnologia: os 3 grandes mobilizadores atuais da sociedade. Há 3 anos foi declarada a revolução industrial 4.0 e, se antigamente o conhecimento dobrava a cada 100 anos, no futuro o conhecimento será dobrado a cada 12 horas - uma estimativa para 2022.
Os maiores inimigos das empresas atualmente são os inimigos invisíveis, afetando a cultura organizacional. Essa cultura corporativa ainda convive com um "lado negro" onde é comum, por exemplo, raciocínios como "sempre trabalhamos assim, há anos fazemos as coisas de tal ou qual jeito".

Ao final, Luis Rasquilha sintetizou os principais itens para a conduta das empresas atualmente: vender sonhos; interagir com os clientes; “fail fast”, isto é, buscar a constante experimentação, identificando e optando pelas ideias realmente significativas; olhar para a frente, focalizando nichos de valor agregado; adotar a inovação como estratégia para realizar sua própria transformação digital.


Conheça o curso Dynamica criado especialmente para as PMEs:
Conduzindo mudanças em micro, pequenas e médias empresas


Painel: o perfil dos negócios e o cenário do mercado
Com o mote "disrupção na prática", O painel moderado por Lyrian Faria trouxe a apresentação de Casos com o mote "disrupção na prática".

fabiananunesFabiana Nunes Costa  (foto) destacou que sua empresa, com 35 anos de mercado, vive há 5 anos um intenso processo de inovação. Sendo o cliente o centro de tudo, é preciso ter a visão do negócio do cliente para ter clareza de onde se quer chegar. E para chegar aos objetivos delineados, o cliente participa integralmente do processo de desenvolvimento de produtos/serviços. Isso é possível graças a recursos e conceitos como o Design Thinking, Lean Startup e Open Inovation.

Para interagir com o mercado de modo eficaz e criativo, há que se enfrentar desafios internos: a cultura do erro e incorporar, de fato, inovação na gestão de pessoas. Hoje a empresa de Fabiana Nunes Costa conta com 27% de estagiários negros, 50% do corpo de advogados são mulheres e, entre os seniores, 67% são mulheres.




13amcham 24set2019A empresa de Marcelo Matos (foto) procurou no mercado soluções de comércio exterior que compreendessem a cadeia fora da empresa. Em 2016 a utilização do Design Thinking estimulou a melhor utilização e integração de ecossistemas de informação. A criação de uma célula de inovação contribuiu para um mind set renovado e não voltado apenas para os custos. E pensar diferente, aprendendo com os erros, construindo um caminho de aprendizado - "e quem dá as respostas em nosso negócio somos nós, nós temos o conhecimento".

Como começar disrupção numa PME? Não existe caminho feliz, é preciso resiliência, buscar parcerias/startups/incubadoras que contribuirão para vencer desafios.
Escutar mais os jovens, estudar. A cultura da empresa deve levar as pessoas ao aprendizado contínuo, com cobrança e acompanhamento dos resultados.


lyrianfariaDe acordo com Lyrian Faria (foto), as apresentações do painel confluíram para reforçar o valor da renovação constante da cultura corporativa, de tal modo que os momentos de disrupção possam ser assimilados de maneira profícua pelas organizações. A tecnologia sustenta o impulso dos negócios, mas não é uma solução mágica.

Para ela "as pessoas estão no centro e seu aprendizado deve ser contínuo. As pessoas podem e devem procurar novos conceitos, questionar e se provocar em sua jornada".






2amcham 24set2019Da equipe Dynamica estavam presentes Lilian Ramos, Agostino Carletti (sócios-diretores) e o consultor Vicente Guimarães. Para Lilian Ramos, "é clara a importância das PMEs na economia. A participação na dinâmica de grupos durante o evento mostrou que esse segmento empresarial está atento às mudanças em curso no mercado e busca sua consolidação nos negócios".

Destacamos 2 artigos que tratam dos temas abordados durante o evento:
Tecnologia a favor dos negócios e das pessoas
O mercado e a percepção da Gestão de Mudanças

O portfólio Dynamica de cursos atende a necessidade da formação continuada dos profissionais. Tendo em vista os temas do evento, destacamos 3 cursos:
- Formação e Certificação de gestores de mudanças na metodologia Dynamica
- Conduzindo mudanças em micro, pequenas e médias empresas
- Workshop: o papel das lideranças nas transformações organizacionais


Conheça todos os cursos Dynamica


Aprendendo a mudar
4amcham 24set20193amcham 24set2019
Fechando o encontro, formaram-se 9 grupos divididos por áreas de atuação: advocacia, comunicação e marketing, consultoria de gestão, educação, finanças, recursos humanos e tecnologia. Com a orientação dos palestrantes, membros do Comitê de Líderes Empresariais e da equipe Dynamica, os participantes trabalharam com Learning Map, analisando os seguintes temas: o posicionamento do setor em análise no mercado; como é visto pelos clientes; quais são as oportunidades atuais do setor; as dores e aspirações dos empreendedores; as disrupções percebidas em cada setor. Ao final, as mesas apresentaram suas conclusões e recomendações de ação.
5amcham 24set20197amcham 24set20196amcham 24set2019
O grupo de Advocacia destacou questões específicas do exercício da profissão (custos, busca de oportunidades de negócios, honorários) ainda que apontando a necessidade de atenção à ótica do cliente e suas expectativas. "Devemos estar ao lado do cliente, não atrás dele". Buscar comunicação focada na simplificação, criando ambiente para a discussão com leigos. Aumentar a relação com o cliente, participando de seu dia a dia e aprofundar o conhecimento de seus assuntos através de estudos segmentados.

A área de Tecnologia foi tratada por 2 grupos. Acreditam na necessidade de identificar o quanto as empresas de tecnologia realmente agregam aos clientes, porque é preciso agilidade e eficácia na solução de seus problemas. E o desenvolvimento de processos e sistemas exige o bom conhecimento do perfil do público alvo de cada cliente. Há mercados ainda não explorados e os custos bancários vem sendo minimizados com a recente ampliação no setor de bancos com estrutura exclusivamente digital. Se o acesso à informação é crescente, ainda é preciso aumentar o conhecimento geral sobre os recursos tecnológicos existentes.
8amcham 24set201910amcham 24set20199amcham 24set2019
Para o grupo de Finanças os desafios dos diretores financeiros residem no planejamento e na automatização e, para esta, já existem softwares que incluem, por exemplo, opções probabilísticas. Além disso, é preciso identificar como fazer uso de dashboards como instrumentos de controle de indicadores de desempenho. Quanto a clientes internos, querem realizar projetos, mas há escassez de recursos nas organizações. As Fintech (em geral startups, cujo objetivo é otimizar serviços do sistema financeiro) têm contribuído tanto para diminuir custos quanto na avaliação de quando um projeto vai agregar ou destruir valor de uma empresa. Ganha importância monitorar as ações planejadas para avaliar o quanto cada decisão impacta nos valores das empresas.

Havia 2 mesas tratando do tópico Comunicação e Marketing. Seus destaques: aperfeiçoar o aproveitamento das novas plataformas de Tecnologia da Informação, voltando-se especialmente a contribuir em agregar valor aos projetos das empresas. Até recentemente, qualquer projeto tinha início na área financeira. O suporte em TI ainda é uma dificuldade aos empreendedores. O grupo chamou a atenção para as necessidades da geração Y (nascidos entre a década de 1980 e inícios dos anos 2000, fortemente envolvidos com internet e novos recursos tecnológicos), mas lembrando também que devem ser aproveitadas as oportunidades das plataformas digitais que estão chegando.

12amcham 24set201911amcham 24set201914amcham 24set2019
Para os profissionais na área de Consultoria de Gestão, ainda hoje os clientes consideram os serviços de uma consultoria muito caros, apesar de fornecerem ideias novas para os negócios. As consultorias devem criar processos mais ágeis, o que depende de uma proximidade maior com os clientes - enxergar com clareza seus problemas permite, inclusive, vislumbrar novas oportunidades de negócios. Novos conceitos de gestão devem ser assimilados, para a atualização constante das consultorias e seu aprendizado para executar novos modelos de negócios.

Na área de Educação os participantes partiram da premissa de que "quem manda é o cliente". Assim, é preciso estabelecer empatia com o cliente e reforçar a ideia de parceria - ir ao cliente e "traze-lo para dentro de casa", tendo em vista o conceito 24 X 7, com respostas constantes e significativas. Buscando a velocidade nas soluções com base na combinação "aprender/desaprender/reaprender". Se o cenário é de disrupção é preciso atenção, por exemplo, à enxurrada de apps onde nem todos são eficientes. Para gerar oportunidades, basear-se em sustentabilidade para manter a longevidade e, assim, conseguir a ressignificação de valor.

O grupo de Recursos Humanos balizou suas conclusões com um recado social: "atenção às gerações mais novas, olhando para o futuro, sem falar mal do Brasil, valorizando o país". A aspiração é inverter a referência atual, onde olha-se para o preço e não para o valor de iniciativas, projetos, produtos e serviços. É preciso vivenciar a cultura do cliente para sentir suas preocupações e encontrar soluções para a otimização de recursos humanos, financeiros e materiais.

Enfrentando mudanças
A articulação entre as apresentações e o workshop estabeleceu um passo significativo neste gênero de evento corporativo. Para os participantes, teoria e prática resultaram em experiência produtiva, enriquecedora de sua vivência profissional. Para a Dynamica Consultoria, tendo em vista visão, valores e método de trabalho, a confirmação de suas potencialidades e ressignificação do leque de produtos e serviços que pode oferecer.

A Dynamica Consultoria continuará a contribuir com a formação dos profissionais de diversos setores, apoiando encontros corporativos que assimilem a reflexão em torno da gestão administrativa e da renovação da cultura organizacional.

O próximo evento patrocinado pela consultoria será no dia 8 de outubro, na AMCHAM-SP: TURNAROUND - CASES DE SUCESSO, uma realização do Comitê de Finanças da AMCHAM-SP (evento gratuito e exclusivo para associados).


Saiba mais sobre a presença da Dynamica nos eventos corporativos


Conheça todas as áreas de atuação da Dynamica Consultoria

Para mais informações sobre áreas de atuação, projetos e cursos da Dynamica Consultoria, escreva ou telefone:
dynamica@dynamicaconsultoria.com.br     (11) 2532-8889

Os desafios das pequenas empresas na nova economia - palestras e workshop
24 de setembro de 2019 - 08h00 às 12h00

Local: Amcham Business Center - Rua da Paz, 1431 - São Paulo - SP
Reunião Especial do Comitê Executivo de Líderes Empresariais da AMCHAM-SP
Patrocínio: Dynamica Consultoria
(*) Colaborou na cobertura o consultor Vicente Guimarães

arrow Left

Clientes

Parceiros

Desde 2010128140

dezanosnosite

Missão  suporte para fazer acontecer, saber conviver e saber ser.
Visão  foco e busca na convergência de conhecimentos no caminho da realização, felicidade e sabedoria.
Valores  a ética, o respeito, a colaboração, a resiliência, a transparência e o comprometimento.

Selo aprovado copy        Nova logo SUCESU RS 144x144 01